sábado, 20 de outubro de 2012

Resenha - Uma Herança de Amor - Lycia Barros



 Olá, gente! Aqui mais uma resenha: Uma Herança de Amor - Quando o Fim pode ser o Começo.

 Capa:
 Eu achei a capa perfeita. Fãs do gênero batem o olho e já se apaixonam. As letras são românticase e lindas. Com pessoas nas capas deixa o livro mais, digamos, conectado com o leitor. Muito bom.
 Nota: 9,5

 Narrativa:
 A narrativa é em terceira pessoa. Não sou muito fã desse tipo de narração, mas a autora fez como se fosse na primeira. Leve e cheia de sentimentos.

 Nota: 9,0

 Estória:
 Incrível. Repleto de sentimentos e lições sobre perdão. Você torce para Amanda perdoar sua mãe com toda as suas forças. A Ivy é uma das minhas personagens favoritas. Todos os personagens são muito bem caracterizados. Você se apaixona até pela Sandra, que na verdade nem apareceu no livro. Muito bem estruturado.
 Nota:10

 Nota Final: 9,5

 Sinopse:
 Amanda é uma jovem de 23 anos que foi criada pela avó materna, vivendo no Rio de janeiro, e que passou a vida com uma grande lacuna em relação à lembrança dos pais. Devido a esse hiato de memória, ela atravessou um período de revolta na adolescência, onde trouxe grandes aborrecimentos a sua tutora, que infelizmente acabara de falecer, devido a um súbito câncer. Em seu testamento, a avó pede que Amanda encontre-se com a mãe e permaneça ao lado dela durante trinta dias antes que tome posse de sua herança. E, em homenagem a figura materna que a mesma representou, muito a contra gosto, a neta a obedece. Porém, a única coisa que Amanda sabe sobre a mãe, é que ela era uma alcoólatra e que por isso passou muito tempo vivendo em uma clínica de recuperação. Sobre o pai, Amanda só sabe que o mesmo está morto.

Nesse reencontro turbulento, muitas coisas irão acontecer. Em choque, Amanda reencontrará sua mãe recuperada, morando no pequeno município de São Lourenço e vivendo com sua nova família. Profundamente magoada, Amanda desejará descobrir por que nunca foi procurada por ela.E, para piorar, se apaixonará por um homem que poderá mudar todos os planos que ela havia traçado.

Será que Amanda conseguirá conhecer o poder libertador do perdão?


                                                                                                                         Mateus Atalaia